quarta-feira, 4 de maio de 2011

Meio chateada+curiosidade

Oi Meninas!
Esqueci de falar nos últimos posts sobre meu peso: minha pesagem oficial  é sempre no sábado mas devido ao novo mês, nova tentativa de acertar, resolvi me pesar na segunda-feira, e pra minha surpresa (ou não!) a balança marcou 63,100 kg. Este mês é o meu limite para isso mudar, tô cansada de andar pra trás.
Mudando de assunto, sempre usamos os termos jaquei e enfiei o pé na jaca, por curiosidade fui saber de onde saiu esta expressão e fiquei surpresa porque não tem nada a ver com a fruta jaca.Sempre gostei de saber porque usamos determinada expressão. Segue a explicação:

Em momentos de alegria, principalmente em festas, deixamos a empolgação tomar conta e acabamos cometendo alguns excessos. No dia seguinte, ainda lamentando a ressaca da noite anterior, somos avisados ou concluímos por si só que enfiamos o pé na jaca. Dessa forma, aprendemos que qualquer tipo de exagero ou comportamento abusivo está associado a essa curiosa expressão.
Para alguns, a imagem de alguém literalmente enfiando o pé na jaca é suficiente para associar a estranha alegoria à situação de exagero. Contudo, esse é um erro de interpretação que nega as verdadeiras origens dessa expressão hoje tão comum. Na verdade, a fruta aqui em questão só apareceu por conta de mais um corriqueiro processo de mutação dos termos idiomáticos.
Nos idos do século XVII e XVIII, o transporte de cargas e mercadorias ganhou grande espaço com a economia mineradora. Naquela época, os tropeiros realizavam esse serviço de distribuição no lombo de mulas geralmente munidas de um grande par de jacás. O jacá era um grande cesto indígena (feito de cipó ou bambu) no qual esses viajantes carregavam suas valiosas mercadorias.
Em algumas situações, os tropeiros interrompiam ou terminavam as suas viagens em uma venda onde se entregavam ao prazer da bebida. Depois de tantos goles, era comum que esses tropeiros passassem por um grande constrangimento na hora de subir no lombo das mulas. Não raro, o pobre tropeiro embriagado acabava enfiando o “pé no jacá” na hora de seguir o seu destino.
De lá para cá, o desuso desse tipo de cesto acabou sendo paralelo à própria transformação do termo. Nessa história, a pobre jaca acabou tomando o lugar do utensílio indígena. Apesar da mudança, o exagero dos tropeiros do século XVIII e dos “baladeiros” modernos continuam a render boas histórias.

E para não ficar sem falar no essencial desse blog:
Alimentação:OK - até o momento tudo certo e a noite será sopa.
AF:OK- 30 min de esteira+treino completo
Água:05 copos
Bombom do dia: 01 só (depois da sopa)
Por hoje é isso.
Beijinhos!

13 comentários:

  1. menina adorei a história verdadeira do "pé na jaca" kkkkk eu particularmente não gosto de usar essa expressão de jacada e td mais, gsotei mais da historia real kkkkkk
    não fica chateada flor, vc vai chegar no objetivo
    bjim

    ResponderExcluir
  2. kkk, realmente amiga acho que jamais iria imaginar que isso é enfiar o pé na jaca. Mas agora o ditado já tem outro sentido e a maioria manda, kkk.
    Te desejo uma linda noite e uma ótima quinta.
    Grande Beijo e fique com Deus

    ResponderExcluir
  3. adorei a historia, nunca havia ouvido falar! beijos

    ResponderExcluir
  4. OI Amiga!
    Que maneiro a história.Li tudinho curiosésima! rsrsrsrsrs
    Eu vou me dar uma academia esse mes.
    to igual a vc: CHEGA!
    bjo.

    ResponderExcluir
  5. Interessante eu não sabia disso sobre a jaca kkkk muito curioso !

    beijos e uma ótima semana !

    http://minhalutapeloemagrecimento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Não desanime florzinhaa...você elimina rapidinho,e sabe bem disso!
    És suuuper determinada.
    Beijos fique com Deus

    ResponderExcluir
  7. Amiga não se chateie, por curiosidade: você passa com nutricionista? Talvez ela possa te ajudar a enxergar o que tem de errado em sua dieta! Amei conhecer a verdadeira história da jaca! rsrsrs
    Bjs e ótimo dia!!!!

    ResponderExcluir
  8. A nossa alegria supera nossa tristeza, nosso consolo supera nossa dor, nossa fé supera nossa dúvida, nossa esperança supera nosso desespero, nosso entusiasmo supera nosso desânimo, nosso sucesso supera nosso fracasso, nossa coragem supera nosso medo, nossa força supera nossa fraqueza, nossa perseverança supera nossa inconstância, nossa paz supera nossa guerra, nossa luz supera nossa escuridão, nossa voz supera nosso silêncio, nossa paciência supera nossa impaciência, nosso descanso supera nosso cansaço, nosso conhecimento supera nossa ignorância, nossa sabedoria supera nossa tolice, nossa vitória supera nossa derrota, nossa ação supera nosso tédio, nosso ganho supera nossa perda, nossa resistência supera nossa fragilidade, nosso sorriso supera nosso choro, nossa gratidão supera nossa ingradidão, nossa riqueza supera nossa pobreza, nosso sonho supera nossa realidade... Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo! (Pr. Edilson Ram)Uma semana de vitórias Deus é com tigo creia! TENHO UM BLOG GOSTARIA DE TI CONVIDAR SEGUIR O ENDEREÇO É:http://SNSDEUS.BLOGSPOTFICA COM NOSSO PAPAI já estou te seguindo te encontrei através de uma amiga,post teu comentario vai ser uma benção prs seguidores e visitantes um final de semana com muita sorte de benção!!!

    ResponderExcluir
  9. Como cê acordou hoje?
    mió?
    Bjo! Tenha um lindo dia amiga.
    e nada de bombons hoje hein!

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga! Não desanima,não!
    A balança vai ser mais boazinha da próxima vez...
    Um beijo
    Ah! Legal saber o significado das expressões.

    ResponderExcluir
  11. Adorei a explicação!!! tá certo qeu a jaca tem um formato estranho e eé gigante e fica engraçada a expessão! força menina, hoje se rá o mês viu? daqui a pouco chega o proximo encontro light!!! bjsu!

    ResponderExcluir
  12. oi rose adorei sua matéria....passei pra desejar um ótimo final de semana!!! força na nossa luta diária!!!grande beijoooooo

    ResponderExcluir
  13. OI! Gostei muito do seu post!
    Muitos beijos!

    ResponderExcluir